"O amor, o conhecimento e o trabalho, são fontes de nossas vidas. Deveriam também governá-los". - Wilhelm Reich







segunda-feira, 21 de outubro de 2013

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

...E Cinderela volta às Origens!!!



Durante muitos anos, na imaginação das crianças foi implantada a idéia de que princesas possuem um reino para governar ao lado de seu amado, possui súditos, cozinheiro, empregadas, copeiras, amas para cuidar de seus filhos, um guarda roupa completo, rico e sempre novo, sem contar que está sempre limpa, penteada, coberta de jóias etc.
Hoje, passeando no Shopping me deparei com um aspirador de pó para crianças das princesas.
Na mesma hora pensei: Ué? Agora as princesas lavam, passam, cozinham, tiram o pó???
Fiquei pensando em tudo aquilo que as estórias infantis contam sobre os felizes para sempre que eu sempre achei de deveria ter um final mais realista, até porque muitas meninas em nossos país não terão essa oportunidade.
Felizes para sempre é: Engravidar, limpar a casa, cuidar do marido, trabalhar, levar criança ao colégio, cozinhar, cuidar de outra pessoa quando adoecer, pagar contas, lavar roupa e segurar ao máximo seu rico dinheirinho para poder fazer algo no final de semana.
As estórias infantis foram criadas para acalmar as crianças quando não podiam ir para a escola por doenças ou dias fortes de chuva ou algum outro motivo, como já mencionei em um texto meu por aqui, as mães pegavam as fofocas da rua e colocavam para dentro de casa numa visão que elas gostariam de ter e passavam para as crianças. As mães não contavam o final e deixavam o "felizes para sempre" como um verdadeiro sonho. Um sonho que a medida que a menina, principalmente, vai crescendo começa a perceber que a realidade é outra.
Princesas não ganham um "não", mas meninas sim!
Princesas tem sempre tudo bonito e perfeito, meninas tem algo quando seus pais tem condições.
Todos os homens do reino caem de amores pelas princesas, as meninas tomam bullyng, são excluídas de brincadeiras e nem todo mundo elogia.
O que pode acarretar essas estórias na cabeça das crianças e como esses utensílios domésticos criados pelas industrias de brinquedos podem trazer de explicação que, agora nos tempos de hoje uma princesa tem que limpar seu quarto, lavar louça etc.
Não sou a favor das estórias infantis de princesas, não sou a favor nem da Barbie (Tudo que vc quer ser - era sua chamada na TV) nada relacionado a esses mundos.
Vc cria situações, sonhos que não podem ser na grande parte das vezes concretizados. Isso futuramente causa questionamentos psicológicos e baixa autoestima.
Princesas, hoje em dia perderam sua realeza, a grana está curta para manter os empregados, então, é criada uma linhas enorme de utensílios modernos para facilitar a vida delas e que tenham sua marca registrada em cores e designer.
Me fez lembrar tb um trabalho interessantíssimo da fotógrafa Dina Goldstein que mostrou de maneira esplendida e realista do "felizes para sempre nas fotos intituladas: My Fallen Princesses.
http://www.fallenprincesses.com/

Bem, podemos tirar muitas conclusões dessas fotos...Só depende da sua imaginação e do como vc vai compreender para mostrar para seus filhos que "Felizes para Sempre" só em contos de "fadas"...


domingo, 6 de outubro de 2013

MINHA MATERIA DO JORNAL O FLUMINENSE SOBRE O ORGASMO

Neste domingo, dia 6 de outubro de 2013, saiu minha matéria sobre o Orgasmo na Revista do Jornal o Fluminense, na região de Niterói - Rj.

O Site está correto, mas infelizmente a Revista que está circulando nas bancas meu sobrenome está errado. Ao invés de Aldeia, o repórter achou que sou parente dele e colocou Almeida. Uma grande pena pois perdi um divulgação do meu trabalho na mídia por uma falta de revisão dos responsáveis.

Mas deixo aqui o link do site que está correto. Espero que gostem!
http://www.ofluminense.com.br/editorias/revista/orgasmo-femininochegando-la

Obrigada,
Bjs,
LILIAN ALDEIA

http://www.ofluminense.com.br/editorias/revista/orgasmo-femininochegando-la